Posts Recentes!

orientador vocacional

Orientador vocacional: O que faz e qual a formação? Aprenda

Você provavelmente já ouviu falar ou mesmo fez uso dos serviços de um orientador vocacional. Entretanto, você conhece todos os ramos em que ele pode atuar bem como o que é preciso fazer para se tornar um profissional dessa área?

Ao contrário do que a grande maioria das pessoas acredita, esse orientador não é necessário apenas quando se está concluindo o ensino médio e se está em busca de um curso de graduação. Em verdade, ele pode auxiliar pessoas em qualquer época da vida e tornar a vida profissional muito mais prazerosa.

Conheça, abaixo, o que um orientador faz no seu dia a dia profissional, qual é o caminho de formação dele e suas principais atividades.

orientador vocacional

DICA:Estude na Estácio com bolsa de até 50%: https://matriculas.estacio.br

Orientador vocacional: O que faz?

Esse profissional é recorrentemente procurado em épocas que precedem vestibulares ou no último ano do ensino médio, pois auxiliam a identificar quais cursos de graduação são indicados para cada aluno com base nas suas particularidades.

O orientador possui conhecimento sobre diversas informações relacionadas à trajetória escolar, que inclui também a universitária, bem como sobre a vida profissional. Dessa maneira, eles podem atuar como educadores e guias que podem informar corretamente sobre carreiras diversas. Não raro, aliás, atuam em feiras de profissões e visitas estudantis às empresas.

Além disso, ele atua em casos em que o profissional deseja mudar de emprego ou mesmo de área, dando uma guinada na carreira. Nesse cenário um orientador vocacional pode auxiliar na análise de novas possibilidades.

Aliás, isso pode ser relacionado tanto à mudança de emprego e área quanto ao abandono de curso superior ou conclusão deste sem desejo de exercer a profissão para a qual o indivíduo se qualificou.

orientador vocacional

Outra situação que pode demandar a atuação de um orientador dessa natureza é o auxílio que ele pode prestar perante dificuldades escolares. Ou seja, ele não apenas é apto para prestar ajuda quando se deseja tomar decisões, mas também para a superação de obstáculos educacionais.

Portanto, esse orientador pode prestar apoio e auxiliar o estudante a lidar com a situação escolar e focar nos pontos mais fortes dele.

Por fim, o próprio ingresso do indivíduo no mercado de trabalho pode ser auxiliado pelo orientador de vocação. Ele ajuda no processo de organização de idéias e interesses ao mesmo tempo em que orienta formas de atuar e como conseguir uma entrevista e se portar nela, por exemplo.

A atuação desses orientadores com prestação desse tipo de atividades e orientações citadas, por sua vez, pode ser aplicada em empresas privadas, instituições de ensino e de forma particular.

Quem pode ser Orientador Vocacional e como encontrar um profissional desse tipo?

Na grande maioria das vezes os orientadores para vocação profissional e educacional são profissionais com formação no curso de Psicologia. Por outro lado, também são reconhecidos como tal Pedagogos especializados nesse ramo.

A profissão demanda que o profissional seja um bom ouvinte, assim como seja delicado e assertivo em suas orientações. Além disso, deve ter pleno conhecimento quanto aos cursos de graduação e às diversas profissões que se inovam e crescem constantemente.

Tudo isso é indispensável para a orientação seja realizada de forma correta. O profissional, então, age com conhecimento de causa e de forma a não impor a sua opinião, mas apresentar opções e apresentar os prós e contras de cada uma. Esses, aliás, novamente são desenvolvidos com base na pesquisa realizada sobre o mercado de trabalho.

Atualização, conhecimento, paciência e capacidade de orientar sem obrigar, portanto, são as principais características e habilidades que se esperam de um profissional dessa área.

Porém, onde é possível encontrar um orientador vocacional? Não raro escolas contratam esse tipo de profissional ou, ainda, mantêm um psicólogo dentre os funcionários da instituição a fim de que ele preste orientações diversas aos alunos. Outra opção é um educador especializado na área que ofereça os mesmos tipos de atendimentos.

Também, algumas empresas oferecem esse tipo de serviço e profissional, o que pode ser de grande auxílio para quem busca orientação concernente ao labor.

Finalmente, também é possível contratá-los de forma particular. O mais comum é que sejam procurados em escritórios de psicólogos, porém, novamente é possível encontrar educadores que prestam serviços pontuais e prestem orientação.

Cursos para se tornar um Orientador Vocacional: Quais são?

Conforme citamos anteriormente, é possível se tornar um orientador de vocações profissionais e educacionais de duas maneiras.

A primeira envolve o curso de Psicologia, enquanto o segundo se relaciona à Pedagogia. Ainda, essas graduações demandam, respectivamente, 05 e 04 anos para serem concluídas. Em ambos os casos é possível realizar especialização específica para a realização de orientações.

Os cursos de graduação podem ser localizados na grande maioria das universidades brasileiras, em todas as regiões do Brasil. São inúmeros os cursos de instituições privadas e públicas que podem oferecer a formação necessária ao profissional que deseja seguir uma carreira como Orientador vocacional.

Veja nossos conteúdos exclusivos!